Telhados verdes e hortas caseiras: uma alternativa para conforto térmico e produtos frescos

Atualizado: 5 de mar. de 2021

Por Ana Flávia Brandão


Com a intensa urbanização e crescimento das cidades, as áreas verdes vem perdendo espaço nos centros urbanos para dar lugar à novos edifícios e áreas pavimentadas. A falta de planejamento nesse processo impacta de forma negativa o meio ambiente. A substituição da vegetação por asfalto e concreto provoca o aumento da temperatura e a formação de “ilhas de calor”.


Para minimizar essas consequências surgem alternativas que podem ser implantadas tanto em construções pequenas quanto empreendimentos de grande porte, como os telhados verdes e as hortas caseiras. No Brasil, algumas cidades como São Paulo, Recife e Porto Alegre, vêm adotando leis e normas que incentivam o uso dos telhados verdes, hortas e jardins verticais através de incentivos fiscais, certificações e selos de sustentabilidade.


O telhado verde


Foto: Ecotelhado


O telhado verde é uma solução que tem como objetivo tornar útil as lajes de cobertura que normalmente não são utilizadas. Ele é composto de várias camadas entre elas: impermeabilização para proteger a construção, drenagem, substrato e a forração vegetal. Esse sistema, quando construído de forma correta, evita os efeitos das ilhas de calor nos centros urbanos, auxilia o conforto térmico reduzindo a temperatura interna da edificação já que ele absorve menos calor do que uma cobertura tradicional e o conforto acústico pois diminui a entrada de ruídos externos. Além disso, essa área verde pode ser utilizada para a implantação de hortas caseiras, que também trazem benefícios relacionados a economia nas compras da casa e a qualidade da alimentação.


As hortas


Foto: Reprodução/Máxima - UOL


As hortas caseiras são uma alternativa acessível para melhorar os hábitos alimentares com alimentos frescos, orgânicos e livres de agrotóxicos em contraposição às fast foods e produtos ultra processados.


Principalmente no último ano, com a pandemia do novo coronavírus, as pessoas começaram a buscar novos interesses e hobbys para passar o tempo dentro de suas casas. As hortas, além dos benefícios já citados, também são ótimas para retomar o contato com a terra em tempos incertos.


Não é preciso de muito para começar uma horta caseira. Você pode utilizar vasos, a cobertura verde ou um espaço no quintal e plantar sementes e brotos de alimentos que seriam descartados como manjericão, hortelã, cebolinha e tomate. Assim, você gera uma economia nas compras da casa, além de melhorar os hábitos alimentares, colaborar para a existência e manutenção de áreas verdes nas cidades.



Referências





41 visualizações0 comentário