Entenda a importância da ACV na construção civil

Por Ana Flávia Brandão


A construção civil contribui significativamente na geração de impactos ambientais referentes á produção de materiais, alterações no solo. Além disso gera gastos de energia elétrica, emissões de gases, geração de resíduos, entre outros.

A Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) é importante para identificar fases com pontos críticos a serem reduzidos através de novas medidas para a otimização do processo. Isso ocorre desde a especificação e aquisição das matérias-primas até a disposição final dos produtos, considerando o desempenho funcional e os diversos estágios do ciclo de vida do produto. Ou seja, nesse processo avalia-se os possíveis impactos ambientais de um tijolo ou um saco de cimento, assim como o efeito de toda a edificação.


Por que falar de ACV na construção civil?

Para analisar o ciclo de vida na construção civil é utilizada como base a Declaração Ambiental de Produto (DAP) que apresenta informações de materiais de construção produzidos e comercializados no Brasil como o cimento, concreto, argamassas, entre outros. Através desses documentos é possível avaliar o desempenho do material e quantificar os benefícios e impactos do uso de um material ou sistema construtivo em todas as fases do ciclo de vida, levando em conta a sua fabricação, desempenho, fim de vida e descarte.

O ciclo de vida das edificações pode ser dividido em 5 etapas:

  1. Seleção de produtos (que inclui desde a extração da matéria prima até o transporte do produto);

  2. Construção;

  3. Uso e manutenção;

  4. Fim de vida;

  5. Benefício e cargas ambientais.


Avaliação do Ciclo de Vida - Imagem: Smart Building


A etapa em que mais se observa gasto de energia e pegada de carbono é a fase de uso e manutenção da edificação. Isso pode ser reduzido levando em conta na concepção do projeto soluções de orientação de fachadas, ventilação e iluminação dos ambientes adaptadas às condições climáticas bem como a definição de materiais e equipamentos que tenham um melhor desempenho. Para isso é importante se atentar a presença do selo PROCEL no caso de eletrodomésticos e lâmpadas, por exemplo.


Considerações finais

A ACV ainda é pouco utilizada na construção civil no Brasil, mas é importante destacar o quanto essa ferramenta pode ser vantajosa para o setor, tanto do ponto de vista econômico quanto ambiental. Enquanto buscamos a produção de construções mais sustentáveis e com um desempenho energético mais eficiente, o estudo da ACV é um ponto forte para que essa prática seja mais desenvolvida por profissionais do meio desde as etapas iniciais do projeto.



Referências

14 visualizações0 comentário