AQUECIMENTO TERMOSSOLAR vs FOTOVOLTAICO: Veja como essas tecnologias podem ser benéficas para o seu

Por: Gabriel Bezerra Costa de Lima


Contra um dos vilões da conta de energia: uma solução sustentável

Muito se tem discutido sobre formas de otimização energética das edificações. Sabe-se que um dos principais “vilões” da conta de energia elétrica são os chuveiros elétricos. O sol como fonte de energia limpa e renovável está sendo muito estudado nas últimas décadas. O aproveitamento artificial da energia do sol pode ser feito de três formas: na arquitetura bioclimática , no efeito fotovoltaico para a conversão de energia luminosa em energia elétrica e no efeito fototérmico, que consiste na captação e condução do calor advindo da irradiação solar para água e outros fluidos.

Nesse cenário, cresce o número de pessoas que querem reduzir os gastos energéticos de suas residências e buscam por soluções de sistemas prediais mais inovadores. Vendo a procura por práticas sustentáveis aumentar, o mercado se desdobrou para ofertar recursos como o aquecimento fotovoltaico e o aquecimento termossolar com melhor custo-benefício como resposta para as questões de eficiência energética das edificações, incorporando nos sistemas prediais essas tecnologias.


O que é o aquecedor termossolar?

O aquecedor termossolar usa o calor do sol para aquecer a água, dispensando o uso de um chuveiro ou torneira elétrica. O sistema funciona por meio de um sistema simples formado, em primeiro lugar, por um reservatório com proteção térmica (boiler) com alimentação do ramal predial de água e um coletor solar. A água fria é transferida para o coletor solar, equipamento responsável em transferir a energia térmica do sol para a água. A água já aquecida pelo coletor solar é transferida para o boiler e sua temperatura é conservada para impedir que a energia térmica armazenada se perca por condução. Por fim, a água é conduzida pelos sub sistemas hidrossanitários para as torneiras e chuveiros.

Como esse equipamento depende da temperatura, no verão, quando os dias são mais quentes, a temperatura da água é mais elevada do que no inverno, quando a água é morna. Esse tipo de análise se faz mais presente em climas temperados. Em climas tropicais, nos quais a alta incidência solar é semelhante ao longo do ano, essa máxima fica menos evidente.

Esquema simplificado de aquecimento termossolar – fonte: google imagens


E o aquecimento fotovoltaico?


É produzido pela radiação solar. Os painéis solares são instalados em áreas expostas ao sol; nas áreas urbanas é comum em telhados e coberturas, para otimizar a captação da energia solar. É uma fonte de energia renovável e sustentável. O seu uso é múltiplo, não servindo apenas para aquecimento de água, mas pode fornecer energia para qualquer aparelho elétrico. A energia produzida pelas placas fotovoltaicas substitui a energia da concessionária, abatendo um valor considerável da conta de luz.

Painéis solares empregados no telhado. Foto: Ulrike Leone. Fonte: Forbes


Então, qual a melhor opção para as edificações?

Para determinar uma escolha entre essas duas tecnologias é necessária uma visão ampla das particularidades e usabilidades de cada sistema. A energia solar tem usabilidade mais abrangente, tendo empregabilidade em vários sistemas prediais com elétrico, dados, climatizador de ambiente, automação residencial entre outros, já que atua como um fornecedor de energia elétrica para o prédio, enquanto o aquecedor termossolar servirá apenas para o sistema hidráulico do prédio.

O aquecimento termossolar possui rápido retorno de investimento quando comparado ao sistema fotovoltaico. Em contrapartida, ainda possui limitantes físicos porque o tamanho do reservatório determina a capacidade de uso da água quente. Já a energia solar fotovoltaica é conectada à rede elétrica do sistema predial. As placas fotovoltaicas fornecem energia elétrica durante todo o dia para a edificação e o excedente é transferido para o ramal da concessionária. À noite, quando a incidência de luz solar é nula, então a edificação recorre a energia elétrica da concessionária.


Prédios multifamiliares de baixa renda – como se aplica os benefícios dessa tecnologia na vida real das pessoas?

Hoje existe a possibilidade de implementar plantas de micro usinas geradoras de energia elétrica a partir de placas fotovoltaicas de forma cooperativa. Através dessa configuração, a energia gerada pode ser dividida e compartilhada entre as edificações de um mesmo condomínio. Em outros casos, a energia elétrica está sendo empregada em áreas de uso comum como elevadores e iluminação das áreas de uso coletivo. O emprego do boiler é comum em usos pontuais, servindo como um abatedor na conta de luz individual dos consumidores, mas também pode ser utilizado em configurações coletivas para aquecer piscinas, por exemplo.

Microusina fotovoltaica geradora de energia elétrica implementada nos telhados Foto: Júlio Martinez. Fonte: Vegasolar


A sociedade cada vez está imersa nas comodidades cotidianas geradas pela energia elétrica, como o uso da água quente para o banho. Contudo, todo esse consumo se amparou em fontes como o carvão, petróleo e hidrelétricas que possuem um grande impacto socioambiental no planeta. Dessa forma, a procura por novas fontes de energia limpa tem que ser uma prioridade para as próximas décadas para tornarmos o mundo em que vivemos mais sustentável.



Referências:

ArchDaily Brasil. SOUZA, Eduardo. Como a energia solar funciona? Disponível em: https://www.archdaily.com.br/br/926183/como-a-energia-fotovoltaica-funciona Acesso em: 01/05/2021


Bluesol. Blue Sol Energia Solar. Tipos de Energia Solar: Entenda de Uma Vez As Diferenças Entre Fotovoltaica e Fototérmica. Disponível em: <https://blog.bluesol.com.br/tipos-de-energia-solar/> Acesso em: 29/04/2021


Dusol Engenharia. BOUHID, Carlos. Como energia solar e aquecimento solar trabalham juntos. Disponível em: <https://www.dusolengenharia.com.br/post/como-energia-solar-e-aquecimento-solar-trabalham-juntos/> Acesso em: 30/04/2021


Forbes. OMENA, Mateus. Veja quanto custa implementar um sistema de energia solar na sua casa. Disponível em: <https://www.forbes.com.br/forbes-tech/2021/03/veja-quanto-custa-implementar-um-sistema-de-energia-solar-na-sua-casa/> Acesso em: 01/05/2021


IPEN. DE SOUZA, Luiz Guilherme Meira; BEZERRA, João Maria. Sistema alternativo de aquecimento solar. Disponível em: < https://www.ipen.br/biblioteca/cd/conem/2000/DC8528.pdf> Acesso em: 30/04/2021


Proceedings of the 5th Encontro de Energia no Meio Rural. MOGAWER, Tamer; SOUZA, Teófilo Miguel de. Sistema solar de aquecimento de água para residências populares. Disponível em: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?pid=MSC0000000022004000200050&script=sci_arttext&tlng=pt> Acesso em: 30/04/2021


Teses USP. LIMA, Juliana Benoni Arruda. Otimização de sistema de aquecimento solar de água em edificações residenciais unifamiliares utilizando o programa TRNSYS.Universidade de São Paulo. Disponível em: < https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-03032004-153752/en.php> Acesso em: 30/04/2021


17 visualizações0 comentário