A importância das abelhas

Por Aline Pinna


Você tem medo de abelha? As abelhas não deveriam despertar medo nas pessoas, já que são de grande importância para a nossa vida e para o nosso planeta.


As abelhas e os alimentos

O papel das abelhas na polinização é de extrema importância. Cerca de 2% das abelhas selvagens do planeta são responsáveis pela polinização de 80% das culturas mundiais. Sendo assim, sem as abelhas não haveriam muitos alimentos, como tomates, abacates, couves, maçãs, amêndoas, laranjas, frutos silvestres, entre outros. Em resumo, se as abelhas forem extintas teremos, possivelmente, enormes dificuldades em produzir comida para toda a população do mundo.



Foto: Lisa no Pexels


As abelhas, a cadeia alimentar e os ecossistemas


A diminuição da oferta de alimento causada pela diminuição das abelhas afeta a vida animal, uma vez que os animais herbívoros se alimentam exclusivamente de vegetais e, sem alimento, morreriam. O gado, por exemplo, tem como principal alimento a alfafa que é polinizada, em maior parte, pelas abelhas.

Foto: Annelies Brouw no Pexels

Extinguindo-se os animais herbívoros, os animais carnívoros que deles se alimentam também seriam extintos, acabando com a cadeia alimentar. Nesse sentido, a agricultura e a indústria de alimentos lácteos, por exemplo, também seriam afetados.

Sendo assim, sem a polinização das abelhas (80% da polinização total), grande parte dos pássaros, insetos e outros animais não terão alimentos. Toda a cadeia alimentar é afetada, os animais morrem e o ecossistema ficaria destruído. Nesse sentido, a presença de uma colônia duradoura de abelhas indica a saúde do ecossistema, já que suas colônias vivem muitos anos e são insetos muito sensíveis. Além disso, a falta de polinização nas flores selvagens abala as paisagens e jardins, afetando diretamente a biodiversidade do planeta.


Causas da diminuição das colônias de abelhas

É preocupante a diminuição das populações de abelhas. Afetam as abelhas:

  • a agricultura intensiva => extensas áreas dedicadas ao cultivo de uma única cultura cria habitats pobres para polinizadores.

  • o uso de pesticidas => ainda é largamente utilizado pesticidas na agricultura que envenenam as abelhas e suas colônias. A preferência por produtos biológicos é uma forma de contribuir para a conservação das abelhas e dos ecossistemas.

Foto: Egor Kamelev no Pexels

  • a poluição => as emissões de dióxido de carbono na atmosfera provenientes da combustão de combustíveis fósseis e da indústria tem aumentado e dificultado a sobrevivência das abelhas.

  • a introdução de espécies de diferentes partes do mundo => espécies invasoras, como as vespas asiáticas, são predadoras de abelhas e desequilibram o ambiente.

  • as doenças => a criação em massa de abelhas e o seu transporte também causa a propagação de doenças entre as colônias.

  • as culturas geneticamente modificadas => alguns cultivos transgênicos são tóxicos para os insetos e podem ter efeitos sutis nas populações de polinizadores.

  • e o aquecimento global => as abelhas possuem pouca tolerância às alterações climáticas.



Referências:

Associação Brasileira de Estudo das Abelhas (A.B.E.L.H.A.). 10 medidas. Disponível em: https://abelha.org.br/10-medidas-ipbes/. Acesso 14 jun 2021.

National Geographic. A Importância das Abelhas e Porque Precisamos Delas. Publicado em 8 ago 2018 e atualizado em 5 nov 2020. Disponível em: https://www.natgeo.pt/animais/2018/08/importancia-das-abelhas-e-porque-precisamos-delas. Acesso 14 jun 2021

SOUSA, José Ronaldo Leal, AMARANTE JR., Ozelito Possidônio de, BRITO, Natilene Mesquita, FRANCO, Teresa Cristina Rodrigues dos Santos. Ação de Pesticidas sobre Abelhas: avaliação do risco de contaminação de méis. Acta Tecnológica, v. 8, n. 1, 2013. Disponível em: https://portaldeperiodicos.ifma.edu.br/index.php/actatecnologica/article/view/165. Acesso 14 jun 2021.

21 visualizações0 comentário